Páginas: [1]   Ir para o fundo
Imprimir
Autor Tópico: O CPA foi notícia na Comunicação Social  (Lida 10318 vezes)
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
nunor
Visitante
« Responder #23 em: 05 Jul 2007, 11:21 »

A AS de Abrantes recentemente inaugurada foi noticia ontem num dos telex da LUSA, e que foi reproduzida em vários orgãos de comunicação social:



Abrantes criou estação de serviço para autocaravanas
A Câmara de Abrantes criou um parque de pernoita para autocaravanas junto ao Tejo, em resposta ao movimento crescente de turismo itinerante na região, disse hoje o vice-presidente da autarquia à agência Lusa.
Pina da Costa afirmou que o investimento feito pela autarquia, da ordem dos 20.000 euros, decorreu da «percepção» de que a cidade estava na rota de entrada de autocaravanas da Europa, «sobretudo em direcção à grande Lisboa».

Com a colaboração do Clube Português de Autocaravanas, o sector de Turismo da câmara municipal de Abrantes desenvolveu um projecto de acolhimento, disse.

Além da colocação, no parque, de mapas com postos de interesse turístico na região e de folhetos específicos, a autarquia disponibiliza estacionamento próprio no centro histórico da cidade e assegura a manutenção da estação de serviço.

Por seu turno, o Clube Português de Autocaravanas compromete-se a "referenciar Abrantes, o Aquapolis e a estação de serviço" nos seus meios de divulgação, no país e na Europa.

MYF.

Lusa

 


Link:http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/7bKRK7D%2FoMq5QWQEs0sbIg.html

Orgãos de comunicação social que replicaram a informação:

http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?section_id=13&id_news=284189

http://www.omirante.pt/index.asp?idEdicao=51&id=16120&idSeccao=479&Action=noticia

http://www.opcaoturismo.com/noticia.php?id=6835
Registado
Mário Caxias
Sócio do CPA
Membro de Mérito
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 314

: Fev, 2006


Sócio Nº 26


« Responder #22 em: 02 Mai 2007, 00:17 »

Este jornal diário da Beira Interior apresenta uma notícia sobre autocaravanismo, a propósito de um passeio na Cova da Beira e Serra da Gardunha que terminou hoje, que ocupa a quase totalidade da pág. 4.
Portal:  www.diarioxxi.com

NOTA: só "à posteriori" reparei que deveria ter inserido esta notícia no tópico "O autocaravanismo na comunicação social"; entretanto, ontem (dia 1 de Maio) surgiu lá outra sobre este assunto com "link" para a mesma, que por isso é de consulta facilitada.
« Última modificação: 02 Mai 2007, 00:56 por Mário Caxias » Registado

Mário Caxias
Lisboa
Mário Caxias
Sócio do CPA
Membro de Mérito
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 314

: Fev, 2006


Sócio Nº 26


« Responder #21 em: 02 Mai 2007, 00:12 »

Inseri a notícia indevidamente neste tópico, tendo-a transferido para o "O autocaravanismo foi notícia na comunicação social".
« Última modificação: 02 Mai 2007, 00:49 por Mário Caxias » Registado

Mário Caxias
Lisboa
nunor
Visitante
« Responder #20 em: 21 Fev 2007, 14:29 »

A edição de Fevereiro/Março, nº 36, da El Camping Y Su Mundo noticia as inaugurações das Áreas de Serviço da Batalha e do Alenquer Camping.

Nuno


* noticia_as.jpg (122.28 Kb, 423x457 - visto 387 vezes.)
Registado
Raul Lopes
Visitante
« Responder #19 em: 03 Fev 2007, 00:27 »

A propósito da inauguração da área de serviço da Batalha o autocaravanismo e o CPA foram notícia em pelo menos os seguintes media regionais (aqueles de que temos conhecimento):
-- Diário de Leiria: edição do dia 10 de Janeiro e do dia 15 de Janeiro
-- Jornal de Leiria: edição de 4 de Janeiro
-- O Mensageiro: edição de 4 de Janeiro e de 18 de Janeiro
-- Rádio Batalha: edição de 15 de Janeiro  http://www.radiobatalha.com/noticia.php?id=2582
-- Rádio Dom Fuas: http://www.radiodomfuas.cincup.pt/default.asp?id=1&mnu=1
-- Blog do Jornal da Golpilheira: http://jgolpilheira.blogspot.com/2007/01/batalha-convida-autocaravanistas.html#links

Quanto vale esta "publicidade" positiva ao autocaravanismo?
« Última modificação: 03 Fev 2007, 00:39 por RaulLopes » Registado
nunor
Visitante
« Responder #18 em: 25 Jan 2007, 13:40 »

O Jornal da Golpilheira publica hoje a notícia da inauguração da AS da Batalha em:

http://jgolpilheira.blogspot.com/2007/01/batalha-convida-autocaravanistas.html

Nuno
Registado
nunor
Visitante
« Responder #17 em: 19 Jan 2007, 12:35 »

Reportagem sobre a inauguração das AS da Batalha no jornal "O Mensageiro":


Área de serviço única na região
Batalha convida autocaravanistas

O município da Batalha inaugurou, no passado dia 13 de Janeiro, uma “Área de Serviço e Pernoita” especialmente concebida para o apoio às autocaravanas. 

Localizada na zona desportiva da vila, está equipada com um sistema de uso gratuito que permitirá aos milhares de caravanistas que anualmente visitam o concelho e a região abastecerem-se de água potável, carregarem as baterias eléctricas dos veículos e procederem ao despejo dos detritos que acumulam nas viagens. Junto a este equipamento foi reservado um espaço de estacionamento para cerca de 15 caravanas, com uma zona de piqueniques, devidamente iluminado e dotado de acesso à Internet sem fios.
No acto inaugural, foi assinado um protocolo entre a autarquia, responsável pela construção e pela garantia da manutenção e uso gratuito do equipamento, e o Clube Português de Autocaravanas (CPA), que deu colaboração técnica a este investimento e certificou a qualidade do mesmo, comprometendo-se também na sua divulgação ao nível internacional, como ponto turístico de excelência para os autocaravanistas.
António Lucas, presidente da autarquia, lembrou que esta é uma ideia antiga do executivo, que há muito pondera a criação de um parque de campismo para caravanas ou o apoio a privados que o quisessem implementar. “Como tal tem sido adiado, encontrámos nesta solução, de baixo investimento, uma excelente resposta para apoio a este segmento turístico, no qual o concelho da Batalha regista índices de procura bastante elevados por parte da comunidade europeia caravanista”. Este será, sobretudo, mais um ponto a favor da fixação do turismo que passa pela Batalha a correr para Fátima ou outros destinos. “Com este serviço de qualidade, os autocaravanistas podem usar a Batalha como porto de abrigo nas suas deslocações na região centro e aproveitarem para conhecerem muitas outras potencialidades turística do concelho, além do mosteiro”, afirmou o presidente.
“Este evento marca definitivamente uma mudança de atitude dos responsáveis autárquicos perante o crescente movimento autocaravanista”, defendeu a direcção do CPA. “Criar condições e disciplinar o movimento, estacionamento e pernoita e não proibir indiscriminadamente e sem qualquer nexo o acesso às localidades das autocaravanas é, sem sombra de dúvida, a atitude mais sensata e indicada para o desenvolvimento desta forma de turismo que se encontra em franca expansão”.

Memória do 1º encontro
Esta inauguração foi pretexto para a realização do 87º Encontro Nacional de Caravanistas, organizado pelo Clube de Campismo da Marinha Grande com o apoio do CPA, que juntou na vila heróica, entre 12 e 14 de Janeiro, mais de 300 autocaravanistas nacionais e estrangeiros. Este número demonstra claramente o universo dos adeptos desta modalidade de turismo itinerante, que se afirma em grande expansão (ver caixa em baixo).
Curiosamente, o primeiro encontro de autocaravanistas de Portugal teve lugar, precisamente, na vila da Batalha, a 27 de Janeiro de 1990…
Luís Miguel Ferraz

-------------

Caravanismo em crescendo
Em Portugal, segundo o Clube Português de Autocaravanas (CPA), existem cerca de 5 mil destes veículos e o ritmo de crescimento atinge uns impressionantes 20 por cento ao ano. “Estima-se que circulem na Europa mais de 2 milhões de autocaravanas, muitas delas a circular no nosso país a maior parte dos meses de Outono e do Inverno, fugindo aos climas frios das suas origens”. Esta prática de turismo itinerante atrai cada vez mais adeptos, pelo facto de “os seus praticantes circularem ao longo de todas as estações do ano e não só no Verão”, refere a mesma associação, salientando que “os autocaravanistas assumem-se como consumidores do comércio local”, com especial apetite pela gastronomia, artesanato e cultura próprios dos locais onde param.

 
Fonte:http://www.jornalregional.com/
Registado
nunor
Visitante
« Responder #16 em: 18 Jan 2007, 10:52 »

Obrigado RDuarte pela referência.

Aproveito para corrigir a informação dada pela CM da Batalha no que diz respeito ao Protocolo de Colaboração. Este protocolo foi apenas discutido e assinado pela CM da Batalha e pelo CPA.  Nunca esteve prevista a assinatura do protocolo pela FCMP. Aliás apesar de convidada pelo CPA e pela CM da Batalha, a FCMP não esteve presente nem se dignou justificar a ausência.

Nuno
Registado
rduarte
Visitante
« Responder #15 em: 18 Jan 2007, 10:41 »

Bom Dia

Ainda referente a Batalha e no site da C.M. pode-se ler.


Batalha inaugura Área de Serviço dirigida a Auto-Caravanas
03-01-2007

O Município da Batalha vai inaugurar no dia 13 de Janeiro, Sábado, às 10h30, uma Área de Serviço dirigida a Auto-Caravanas, localizada na zona desportiva da Vila.
O equipamento permitirá aos milhares de caravanistas que anualmente visitam o Concelho e a região, abastecer as caravanas de água potável, carregar as baterias eléctricas do veículo e proceder ainda ao despejo dos detritos que se acumulam nas viagens.
Aponte-se que o Concelho da Batalha regista índices de procura bastante elevados por parte da comunidade europeia caravanista, pelo que, a Área de Serviço a inaugurar, pretende reforçar qualitativamente este destino turístico, num segmento de procura turística bastante interessante.
Para o Clube Português de Autocaravanas, esta prática, como forma de turismo itinerante que é, revela-se um poderoso instrumento de promoção turística, devido ao facto de os seus praticantes circularem ao longo de todas as estações do ano e não só no Verão. A mesma associação aponta ainda que os autocaravanistas, quando efectuam as suas paragens, assumem-se como consumidores não só de produtos alimentares – e dentro destes, especialmente dos produtos tradicionais - mas também dos restaurantes locais, lojas de artesanato, bens culturais, entre outros.
Em Portugal, refere o Clube Português de Autocaravanas, existem cerca de 5 mil autocaravanas, com um ritmo de crescimento impressionante, na ordem dos 20 por cento ao ano. Estima-se que na Europa circulam mais de 2 milhões de autocaravanas, sendo que algumas passam entre nós a maior parte dos meses de Outono e do Inverno, fugindo aos climas frios das suas origens.
Refira-se que no âmbito da inauguração desta infraestrutura, o Concelho da Batalha recebe de 12 a 14 de Janeiro o 87º Encontro Nacional de Caravanistas, numa organização do Clube de Campismo da Marinha Grande com o apoio do Clube Português de Autocaravanas e deste Município.
Do vasto programa preparado, destaca-se o dia 13 de Janeiro que, para além da inauguração da Área de Serviço, juntará no Pavilhão Multiusos da Vila centenas de caravanistas oriundos de norte a sul do país. Nesse dia de manhã, o Município da Batalha procederá à assinatura de um Protocolo de Colaboração com o Clube Português de Autocaravanas /Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal.
Em jeito de lembrança, recorde-se que o primeiro encontro de Auto Caravanistas de Portugal teve lugar precisamente na Vila da Batalha, a 27 de Janeiro de 1990.


Boa viagem
« Última modificação: 18 Jan 2007, 10:44 por RDuarte » Registado
Raul Lopes
Visitante
« Responder #14 em: 28 Nov 2006, 11:56 »

Faço notar que os anexos das mensagens aqui colocadas só são visíveis aos membros registados que façam o Login ao entrar no fórum.
Para estes, aceder ao respectivo anexo basta fazer duplo clique no nome do ficheiro que se situa no canto inferior esquerdo da mensagem.
Tratando-se de imagens (como é o caso) para as ver ampliadas basta carregar na respectiva miniatura.
« Última modificação: 28 Nov 2006, 11:57 por Raul Lopes » Registado
nunor
Visitante
« Responder #13 em: 28 Nov 2006, 11:47 »

A Revista El Camping Y Su Mundo na edição nº34, noticia a realização do 33º encontro do CPA.
A referida notícia encontra-se em anexo.
Nuno


* 34_camping.jpg (106.41 Kb, 803x838 - visto 424 vezes.)
« Última modificação: 28 Nov 2006, 11:51 por NunoR » Registado
nunor
Visitante
« Responder #12 em: 28 Nov 2006, 11:39 »

A Revista El Camping Y Su Mundo na edição nº34, destaca o dossier técnico das àreas de serviço elaborado pelo CPA.
A referida notícia encontra-se em anexo.
Nuno


* as_camping.jpg (118.43 Kb, 584x959 - visto 408 vezes.)
« Última modificação: 28 Nov 2006, 11:48 por NunoR » Registado
Raul Lopes
Visitante
« Responder #11 em: 20 Out 2006, 22:17 »

Companheiro Manuel,

Obrigado pelo seu testemunho.
Entretanto não quer aproveitar para passar pela secção do Auto-retrato dos membros do fórum para fazer o seu boneco?
Eu acho a ideia simpática, e creio que não estou só.
Aliás, aproveito a oportunidade para tornar o convite extensivo a todos os que o ainda não fizeram.
Registado
mcouto
Visitante
« Responder #10 em: 19 Out 2006, 11:39 »

Olá,

A reportagem no Público sobre as autocaravanas mostra realmente o que de bom estes «brinquedos» têm e isso é bom porque talvez mais gente descubra a magia e o prazer de ter uma autocaravana contribuindo assim para o engrossar duma coluna que deve ser vista e compreendida como uma forma de turismo num país que se diz voltado para o Turismo.

Pessoalmente, agrada-me ver o CPA a evidenciar-se como a entidade oficial e a representar o assunto, não é por nada é porque sabem do que estão a falar. Talvez seja essa a grande diferença entre outras associações ou federações das quais nem sei o nome e nunca souberam chamar a minha atenção demonstrando que podiam fazer alguma coisa útil por esta actividade de paixões.

A única coisa sofrivel neste artigo é a tradicional predisposição dos jornalistas para o negativismo e o drama:

«Normalmente são vistas perto da água. Junto a lagoas, barragens, em cima das falésias ou mesmo junto a monumentos. São motivo de alegria e de liberdade para quem as utiliza, mas de preocupação para os que as vêem cada vez mais e em todo o lado.»

«As autocaravanas povoam a paisagem do país: estão no campo, na praia ou mesmo dentro das cidades»

«Nas estradas nacionais também não passam despercebidas, deslocam-se devagar para os passageiros verem a paisagem. As autocaravanas chegam a todo o lado – ao campo, à praia e à cidade.»

As autocaravanas andam nas estradas nacionais e chegam a todo o lado... e depois???
Também os camiões e os autocarros de turismo nas viagens para comprar colchões são cada vez mais e dificultam ainda mais a circulação.
Eu particularmente (e aposto que a maioria dos companheiros tambem faz isso), estou sempre a facilitar (com segurança) a ultrapassagem a veiculos que seguem atrás de mim, dando-lhes a informação que lhes falta sobre visibilidade e que eu tenho. E dá-me um prazer enorme ver os 4 piscas ligados dos automobilistas em forma de agradecimento depois da ultrapassagem por algo que não me custou nada.

Num mundo onde não há almoços grátis é bom que se perceba que o proprietário duma autocaravana, paga como todos (ou talvez mais), o direito a circular por isso não pode, por lei ser descriminado.
O problema é que as leis na maioria dos casos surgem de «vontades politicas» baseadas no «diz que disse» e «inpopularidades» e é preciso um contraponto importante que se apresente como porta voz dum grupo que se deve organizar pela sobrevivência dos seus direitos. É aí que surge a importância do CPA.

Nunca me inscrevi em associação ou clube nenhum de lazer, o facto de me inscrever no CPA é o meu voto de confiança baseado na convicção de que estão certos no posicionamento e na missão. Oxalá ainda mais companheiros percebam que temos que trabalhar tambem nesta frente para rodarmos melhor.

Boas direcções
Manuel
« Última modificação: 19 Out 2006, 11:43 por mcouto » Registado
Mário Caxias
Sócio do CPA
Membro de Mérito
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 314

: Fev, 2006


Sócio Nº 26


« Responder #9 em: 29 Set 2006, 22:32 »

Só hoje tive oportunidade de ler a reportagem.  Logo duas páginas quase inteiras, num jornal nacional!
Gostei.  Ajudará a que reporteres de outros meios de comunicação possam encontrar no autocaravanismo motivo para outras comunicações sobre o tema (esperemos que por motivos dignificantes, e não pelos abusadores).
Até uma próxima
Registado

Mário Caxias
Lisboa
Raul Lopes
Visitante
« Responder #8 em: 19 Set 2006, 22:46 »

Quem não teve oportunidade de adquirir o Público pode agora ler a reportagem a partir da página de rosto do nosso portal.

Imprima o texto e divulgue-o junto dos seus amigos autocaravanistas!
Registado
jose garcia
Sócio do CPA
Membro Júnior
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 18

: Fev, 2006

Sócio, Nº 66


« Responder #7 em: 19 Set 2006, 17:22 »

Companheiro Raul.

Li com atenção a reportagem no Jornal O Público, dou os meus parabéns por essa reportagem, espero que a mesma seja compreendida pelos os nossos Governantes.

Será pedir muito,uma reportagem na televisão? seria bom.

Osmeus cumprimentos

Garcia
Registado

Cumprimentos,
José Garcia
Lisboa
www.caleidosom.com
Decarvalho
Visitante
« Responder #6 em: 18 Set 2006, 19:51 »

boas tardes...
toda a divulgação esta a ser feita no BLOG que ja conhecem ( e que em pouco mais de 3 meses ultrapassou as 5000 visitas, tendo hoje ja mais de 5500 registos) e bem assim atraves do semanario SOL atraves do novo BLOG autocaravanismo, que no primeiro dia registou uma duzia de visitas.

Penso que ha que unir esforços....o ACP ja esta a pensar no assunto (neste momento estão em plena campanha de socios que não contempla o sector das AC), e todos aqueles que mantem foruns (fora, para ser mais correcto linguisticamente) blogs, web sites, intervem em news groups etc...bem podem dar uma maozinha...nem que seja, actuarem como "camara de recuo" para saber se a grande autocaravana do sector do autocaravanismo não faz marcha atrás desastrosa....ou se não vai em frente demasiado rapido, e portanto a entrar em desatre com algum ramo mais baixo, ou varanda saliente...
.........
talvez valha a pena divulgar mais activamente todos os meios de contacto, e logo que possivel passar-se a um seminario, ou mesa redonda, ou debate dentro do sector, incluindo dentro e fora de clubes ou outras associações. Mais tarde, acertadas as agulhas quanto aos aspectos mais significativos do sector, mantendo o pluralismo mas evitando contradições, poderia começar-se a intervir para o exterior...já em tempos, por ex participei durante uma Nauticampo num debate com a AECAMP, DGT , fabricantes e "campistas".

Há que motivar o sector do comércio das Ac e equipamentos...afinal o interesse não é só dos consumidores, mas tambem da oferta...
Ou não?
« Última modificação: 19 Set 2006, 20:04 por Decarvalho » Registado
Raul Lopes
Visitante
« Responder #5 em: 18 Set 2006, 16:57 »

Companheiros,

Usando os mais variados meios, ainda que pouco visíveis aos sócios, a Direcção do CPA tem vindo a fazer um enorme esforço de divulgação do autocaravanismo em múltiplos palcos.
Trata-se de um trabalho sem precedentes na vida do CPA no sentido de "virar" o Clube para o exterior e não apenas para o interior, na convicção de que só assim conseguiremos ajudar a criar uma imagem mais positiva do autocaravanismo, sem a qual não conseguiremos que se nos abram as portas de quem tem poder para preencher o vazio legal que nos afecta.
No sentido de contrariar a imagem de marginais que actualmente têm os autocaravanistas junto da opinião pública, pensamos que é preciso fazer com que o autocaravanismo seja notícia sem ser pelas más razões: "caça aos campistas selvagens" e outros títulos do género que nos últimos meses abundaram no Correio da Manhã e no Jornal do Algarve, mas não só.
A reportagem de ontem no Público é uma peça que penso ser fundamental nesta estratégia. Primeiro, porque se trata de um dos mais importantes jornais portugueses, muito lido por políticos, autarcas e fazedores de opinião; Em segundo lugar porque sabendo que o autocaravanismo envolve um número reduzido de pessoas na sociedade portuguesa, é extraordinário o espaço que lhe foi concedido: duas páginas com chamada de atenção na primeira página. Nunca em Portugal o autocaravanismo mereceu tanto destaque!

O que me leva a sublinhar isto? Bom, é que estou confuso. Será que vale a pena prosseguir com o esforço que tem vindo a ser feito?
Digo isto porque não raro qualquer assunto menor merece múltiplas intervenções de quem por aqui passa. O mesmo não mereceu o documento que o CPA preparou com a sua proposta de Áreas de Serviço e pernoita para autocaravanas, bem como com esta reportagem. Desde que o jornal foi publicado, ontem,  já passaram pelo fórum quase duas centenas de pessoas. Metade nem sequer entrou neste tópico. Dos que o fizeram apenas dois nos deixaram o seu comentário. Será que os outros não leram o Jornal? Ou será que leram mas lhes é indiferente o que leram?

Este fórum pode servir para muita coisa, mas se não servir de barómetro para aferir do que pensam os autocaravanistas, então não sei se ele se justificará.
« Última modificação: 18 Set 2006, 17:02 por Raul Lopes » Registado
nunor
Visitante
« Responder #4 em: 18 Set 2006, 11:31 »

Bons dias

Obrigado companheiros pelas mensagens. Só uma pequena nota ao companheiro RDuarte sobre o maior clube de autocaravanas. Não é a ambição e o objectivo desta direcção sermos o maior clube de autocaravanas (até porque somos o único.... Wink), mas sim informar e formar a opinião pública do que é o autocaravanismo e a forma como se pratica esta modalidade ou forma de turismo. Não queremos que se alastre a constante falta de informação nas autarquias, que as leva ao condicionamento do nosso estacionamento em determinados locais.
Este foi um primeiro passo, bastante importante, e estamos em crer que muitas outras novidades (e boas) surgirão nos próximos tempos. Depois de 6 meses a "semear" começamos aos poucos a ver a germinação das nossas ideias.
Um abraço
Nuno
Registado
Bastias
Visitante
« Responder #3 em: 18 Set 2006, 10:46 »

Companheiros,

O artigo do Jornal O Público, pode ser o principio para que outros meios de
comunicação, como por exêmplo a televisão, contribuiam para alertar algumas mentalidades sobre o autocaravanismo.
Parabéns ao CPA.

Saudações, J.Bastias
Registado
rduarte
Visitante
« Responder #2 em: 18 Set 2006, 09:21 »

Bom Dia

Queria aproveitar, para dar os meus parabens ao CPA, pela forma como conseguiram expor o Autocaravanismo, nesta edição do Público, sem duvida este começa a ser o MAIOR CLUBE DE AUTOCARAVANAS em Portugal, viva o CPA Grin Grin Grin

Boa Viagem
Registado
Raul Lopes
Visitante
« Responder #1 em: 14 Set 2006, 20:42 »

No próximo Domingo dia 17 o jornal Público irá publicar uma reportagem sobre autocaravanismo.

Fique atento/a!
« Última modificação: 14 Set 2006, 20:44 por Raul Lopes » Registado
nunor
Visitante
« em: 13 Jun 2006, 13:10 »

No seguimento do documento elaborado pelo CPA em resposta à proibição de estacionamento de autocaravanas no parque da canção em Coimbra, (ver post http://cpa-autocaravanas.com/forum/index.php?topic=346.0) o "Diário das Beiras" publicou no passado dia 20 de Maio a carta aberta do CPA ao Presidente da CM Coimbra.

Podem ver na imagem abaixo, a página reproduzida do jornal.
A qualidade é má devido à restrição do tamanho máximo  dos anexos.
« Última modificação: 13 Jun 2006, 13:14 por NunoR » Registado
Páginas: [1]   Ir para o topo
Imprimir
 
Ir para: