Páginas: [1]   Ir para o fundo
Imprimir
Autor Tópico: Ecos do Fórum do Camping Car  (Lida 3390 vezes)
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Raul Lopes
Visitante
« Responder #4 em: 28 Set 2006, 21:04 »


Que seja bem-vindo(a) quem vier por bem!
Registado
Decarvalho
Visitante
« Responder #3 em: 28 Set 2006, 18:34 »

100% de acordo
Alias, seguindo a maxima autocaravanista...FAZ o que ele diz, FAZ o que ele FAZ, tenho pessoalmente procurado divulgar as mesmas preocupações num e em outro lugar...os autocaravanistas em geral, e todos os seus interlocutores só têm a ganhar com uma consciência de sector muito consistente, coerente e mobilizada.
quanto mais participarmos, mais produzimos em teoria, filosofia e pratica de autocaravanismo, e mais facil sera a adopção de codigos de boa conduta, a sua assimilição e a sua difusao.
Ou não será assim?
« Última modificação: 22 Out 2006, 11:53 por Decarvalho » Registado
nunor
Visitante
« Responder #2 em: 27 Set 2006, 14:39 »

Companheiro Fluis

Obrigado pelo seu post. É bom sabermos que os nossos sócios têm consciência de qual é o caminho certo a percorrer, seja aqui neste espaço de debate quer seja noutro como é o caso do fórum do Campingcar onde está o tópico que deu origem aos dois últimos post deste tópico.
Cumprimentos
Nuno Ribeiro

PS: Já agora parabéns por ter sido o foreiro que colocou a 2000ª mensagem, que espero seja a primeira de muitas.
Registado
fluis
*
*
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 2

: Fev, 2006


« Responder #1 em: 27 Set 2006, 14:29 »

Bom dia,

Infelizmente, apesar de todo o trabalho de sensibilização em relação aos comportamentos que tem sido feito pelo CampingCar Portugal e pelo CPA, de modo a fazer evoluir a mentalidade do autocaravanista, e que não haja motivos para descriminação por parte das autoridades oficiais, a realidade mostra-nos que ainda há longo caminho para percorrer.

O  tópico do CCPortugal aqui referenciado é um exemplo disso mesmo.
 
Não descurando toda a responsabilidade que lhe é atribuída para moralizar o autocaravanismo, o "Clube Português de Autocaravanas" achou e bem divulgar este tópico no seu fórum.

Como concordo que o caminho a seguir é, de facto, o não branqueamento de comportamentos menos próprios, e como a nossa linha de actuação deve ir precisamente nesse sentido o de contribuir para a divulgação de atitudes correctas e das reprováveis dos autocaravanistas, vou também contribuir divulgando no CampingCar Portugal os seguintes tópicos que estão neste fórum a propósito de comportamentos:



Companheiros
Por mais que discutamos que tipo de clube queremos, se devemos ou não alterar os estatutos, se a FCMP defende ou não os interesses dos autocaravanistas, quais serão as melhores estratégias para se criarem mais áreas de serviço, como sensibilizar as autoridades locais para o nosso tipo de turismo, a actual e futuras direcções do CPA nunca poderão defender de forma capaz o movimento autocaravanista se alguns de nós (felizmente poucos mas ainda em quantidade significativa)continuarmos a fazer os despejos de águas residuais em locais não autorizados.
Ontem à saída do local do Encontro foi possível observar no meio do campo de futebol várias poças de águas provenientes de despejos inconscenciosos de alguns que definimos como companheiros. Foi também possível observar a deslocação de várias ACs para a esquerda do campo de futebol onde fizeram aí os seus despejos.
Assim por mais e melhores argumentos que tenhamos, nunca conseguiremos que nos levem a sério. Sempre pensei que eram apenas os ACs errantes que o faziam, ontem fiquei com a certeza que no seio do nosso CPA temos alguns destes indíviduos.
É altura destes indíviduos refletirem e pensarem no que fazem. Na minha modesta opinião, no CPA não têm lugar.
Nuno





Algumas notas para tornarmos os nossos encontros o mais agradáveis possíveis:


1 – Despejos

Utilizar os sanitários públicos colocados à nossa disposição para despejar o wc químico apenas em caso de necessidade absoluta. De contrário fazer os despejos no regresso a casa nos locais devidos. Em caso algum deverá ser feito o despejo das águas sabonetadas do depósito no local do Encontro.

2 – Utilização de gerador

Não utilizar gerador energético.

3 – Ruídos

Ter atenção ao volume de rádios, televisores e outros equipamentos de modo a não incomodar terceiros.

4 - Animais de companhia

Os cães são muito bem-vindos aos nossos encontros. No entanto terão que estar sempre com trela e ter a preocupação de recolher as suas necessidades depositando-as no contentor do lixo em saco de plástico fechado.
Os gatos também não devem ser deixados à solta passeando pelo recinto do Encontro.

5- Arrumação/estacionamento

Estacionar de forma a não desperdiçar espaço que pode fazer falta para acolher outros companheiros, mas ter o cuidado de respeitar uma distância minima de salvaguarda da privaciadade relativamente às outras autocaravanas.

6- Organização

Colaborar com a Direcção, acatando as instruções dadas durante a organização do Encontro e colaborando activamente na sua divulgação e implementação.

7- Movimentação em coluna

Em caso de movimentação em caravana, procurar manter uma velocidade estável sem se afastar da autocaravana que segue à sua frente. Nos cruzamentos aguardar até que a autocaravana que vem atrás possa observar a direcção que toma.
Se dispõe de rádio CB mantenha-o ligado em todo o percurso e sintonizado no canal 27.


Realmente assim só poderei compreender e concordar com o desabafo da sua direcção:

Por aqui se vê até onde podem vir a evoluir as discriminações legais às autocaravanas. É por isso que frente de batalha em torno das questões legais que envolvem as autocaravanas me parece fundamental. Mas quando olho para o lado tenho a sensação de estar muito pouco (ainda que bem) acompanhado: a maioria dos autocaravanistas continua a assobiar para o ar e a achar que o que é preciso é ter quem organize umas passiatas e ter uns pretextos para mais umas patuscadas.
Pois que assim seja!

bem pior do que assobiar para o lado é utilizadores de ACs confessarem que fazem despejos em locais não apropriados, apesar de  usarem a maior discrição possível.   Como se isso branqueasse o mau comportamento e não houvesse forma de fazê-lo de um modo correcto.
Enquanto assim for, por mais documentos e diligências que se façam, será difícil levarem-nos a sério.

Nuno

Companheiros acima de tudo, é importante que todos colaboremos quer com o CPA, quer com
o CampingCarPortugal na divulgação destas situações.


Cumprimentos
Registado

Saudações Autocaravanistas
Fernando Luís
nunor
Visitante
« em: 26 Set 2006, 17:16 »

Companheiros

Quando na estrada nos deparamos com situações abusivas de sinalização de proibição do estacionamento de autocaravanas, quando nos contam aqui no fórum as histórias de companheiros que foram impedidos pelas autoridades de estacionarem/pernoitarem em determinado lugar, ficamos revoltados. E o que dizer deste post de um autocaravanista:

"bom dia
Tudo isto é verdade, e como diria o outro tudo isto é fado...
O Paulo diz que o post dum AC espanhol confirma.
Será verdade e creio também ser verdade e confirmar o que eu penso e defendo: Se abolissemos do nosso lexico a palavra "outros" tudo passava a ser uma maravilha. São os outros que não sabem conduzir, são os outros que trazem os cães a fazer a porcaria na rua e não limpam, são os outros que fazem despejos onde não devem, etc.... e bons mas raros somos nós. (modestia obriga e então "quase cheguei a pensar...")
Neste caso a maioria são portugueses e franceses, claro tambem seriam a maioria das AC's. Em Espanha serão os espanhois e em França serão os franceses.
No entanto, quem escreve diz que por mudar de lugar não tinha problemas com a bateria nem com o encher e vazar. Com a bateria, percebo, para vazar e encher não entendo. Pode-se andar todo o dia mas há que parar para encher e vazar e aí ele não diz como e onde o fez. Em areas de serviço não foi porque tambem diz que há falta. A não ser que tenha andado por locais desconhecidos o que não é de estranhar se encontra a serra da estrela no algarve.
Não demos musica! Quando o deposito está cheio pode-se ser mais ou menos discreto para o despejar porque não havendo locais para despejos a alternativa é entrar num parque de campismo e que esteja equipado de zona para o efeito.
E claro que já vi fazerem despejos em locais em que não o faria e por parte de companheiros de todas as nacionalidades. E eu também já fiz despejos fora de campings e fora de areas de serviço. Claro que os fiz em locais que EU considero discretos, locais onde iria numa hora de aperto se estivesse a conduzir um automovel. Claro que se algum companheiro me viu dirá cobras e lagartos.
Claro que com isto não estou a defender quem despeja na zona onde está estacionado, no meio de outras AC's, em zonas habitacionais e politicamente correcto, quem despeja fora das zonas para isso destinadas
."

Fonte: http://www.campingcarportugal.com/forum/viewtopic.php?t=317

São estas incompreensíveis situações que depois levam as autoridades a banir os autocaravanistas de determinado lugar.

Os despejos só devem ser feitos nos locais próprios. O combustível também não está acessível em qualquer lugar. Se planeamos os abastecimentos porque não planearmos também os despejos.

Nuno
 
Registado
Páginas: [1]   Ir para o topo
Imprimir
 
Ir para: