Páginas: [1]   Ir para o fundo
Imprimir
Autor Tópico: Não é pois um adeus! É um até à vista.  (Lida 1475 vezes)
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
infoCPA
Administrador
Hero Member
*****
Offline Offline

Mensagens: 1 426

: Dez, 2008



WWW
« em: 13 Dez 2013, 01:16 »


MENSAGEM DO PRESIDENTE DA DIREÇÃO


Transcreve-se a Mensagem do Presidente da Direção de 13 de dezembro de 2013, que já se encontra disponível no Portal do CPA, para permitir aos interessados que não tenham meios que lhes permitam aceder a ficheiros em formato “PDF” dela tomarem conhecimento.

Todas as Mensagens do Presidente da Direção podem ser acedidas AQUI




Não é pois um adeus! É um até à vista.



Companheiros Autocaravanistas
Companheiros Sócios do CPA




Com a tomada de posse dos recém-eleitos Corpos Gerentes do CPA terminam as minhas responsabilidades diretivas nesta NOSSA associação autocaravanista de Portugal.

Nos dois mandatos em que fui mais coordenador do que presidente de Direção foram assumidas diversas medidas, nem sempre consensuais, nem sempre fáceis. Contudo, quase todos os membros das Direções que coordenei souberam ter comportamentos que primaram pela defesa dos interesses do CPA e do autocaravanismo. Por isso lhes estou reconhecido e todos os associados lhes devem estar gratos.

Numa perspetiva lúdica, cultural e turística desenvolvemos uma atividade intensa e com um alto nível de qualidade.

Económica e financeiramente obtivemos algumas mais-valias para o CPA e é expectável que terminemos o mandato com um fluxo de caixa superior a todos os que se registaram desde 2009.

As relações institucionais e associativas pautaram-se pela mais elementar observância das regras democráticas e todas as decisões de fundo foram sempre aprovadas em Assembleias Gerais com base em documentos de prévio conhecimento dos associados, dos quais o mais importante foi o da revisão global dos Estatutos do CPA.

Em termos políticos dinamizámos e consolidámos a denominada “Declaração de Princípios da Plataforma de Unidade” subscrita por diversas entidades a nível nacional, entre as quais a Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal, e a nível internacional subscrita pela Fédération Internationale de Camping, Caravanning et Autocaravaning.

Criámos bases, que considero sólidas, tanto ao nível do relacionamento institucional como de uma política autocaravanista comum, junto da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal e da Fédération Internationale de Camping, Caravanning et Autocaravaning, para a concretização de uma eventual ação, mais dinâmica e quiçá mais profícua, na luta contra a discriminação negativa das autocaravanas, tanto em Portugal como na Europa.

Por tudo o que refiro e pelo mais que fica por dizer, as Direções destes dois últimos mandatos têm que se sentir orgulhosas do que realizaram e dos caminhos que abriram, pois que essas realizações e esses caminhos, esses projetos e essas dinâmicas, continuam para além dos protagonistas. E, assim, se vê a força do CPA.

A minha não continuação como dirigente do CPA não pode ser entendida como um abandono ou uma desistência do movimento autocaravanista. Continuarei esta luta pelo reconhecimento do autocaravanismo, mas num outro plano, num plano integrado e através da Comissão de Autocaravanismo da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal.


Não é pois um adeus! É um até à vista.


                                                                                              Parar. Parar não paro.
                                                                                              Se a coerência custa caro,
                                                                                              Eu pago o preço.

                                                                                                                                 (Citação livre de Sidónio Muralha)

     CPA, 13 de dezembro 2013

             (assinatura)

              Rui Narciso
     Presidente da Direção do CPA
Registado

Associação Autocaravanista de Portugal - CPA
Portugal
Páginas: [1]   Ir para o topo
Imprimir
 
Ir para: