Páginas: [1]   Ir para o fundo
Imprimir
Autor Tópico: CAMPISMO, CARAVANISMO E AUTOCARAVANISMO EQUIVALENTES  (Lida 1617 vezes)
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
PAPA LÉGUAS PORTUGAL
Sócio do CPA
Membro de Mérito
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 465

: Jan, 2010


Sócio Nº 1869


WWW
« em: 22 Ago 2013, 00:47 »




CAMPISMO, CARAVANISMO E AUTOCARAVANISMO EQUIVALENTES
MAS COM NECESSIDADES DIFERENTES NA SUA PRÁTICA

O Autor deste comentário foi e é apoiante do actual Presidente da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal no âmbito do Programa com que o mesmo se candidatou, conjuntamente com todos os restantes órgãos estatutários. Contudo, ser apoiante não pressupõe uma fidelização cega, mas, antes pelo contrário, impõe uma crítica permanentemente construtiva, que contribua para promover alterações de mentalidade e de conceitos.

Vem isto a propósito da entrevista concedida pelo Presidente da FICC ao “Campismo & Montanhismo” , a páginas 27 e 28, do número 37, correspondendo ao trimestre de Julho / Agosto / Setembro de 2013, e que, curiosamente foi divulgado em meados de Agosto de 2013, ou seja, ainda antes do fim do trimestre a que a revista se deveria reportar.

Principie-se por alertar que o nome correcto da FICC é, oficialmente, desde 2012, Fédération Internationale de Camping, Caravanning et Autocaravaning AISBL, o que em português pode ser traduzido por Federação Internacional de Campismo, Caravanismo e Autocaravanismo e que o símbolo da FICC passou, desde princípios de 2013, a incluir uma autocaravana. Esta informação foi amplamente divulgada pela própria FICC e, em Portugal, pela Associação Autocaravanista de Portugal – CPA, conforme pode ser constatado AQUI e AQUI . Não fora tratar-se da revista “Campismo & Montanhismo”, um “órgão informativo da FCMP”, e não haveria qualquer preocupação em corrigir os erros constantes das páginas 26, 27 e 28 sobre esta matéria.

Relativamente à substância da entrevista dada pelo Presidente da FICC à revista “Campismo & Montanhismo” agrada constatar a coerência do entrevistado ao compararmos as respostas agora dadas com as declarações feitas numa entrevista a “O Autocaravanista” (Boletim do CPA) número 21, correspondendo ao trimestre de Julho / Agosto / Setembro de 2011 em que, entre outros assuntos relacionados com o autocaravanismo, abordou a alteração do nome e do símbolo da FICC. A importância do autocaravanismo já era bem expressa na entrevista deste dirigente internacional.

Não nos parece, pelo teor das questões colocadas ao Presidente da FICC, que a revista “Campismo & Montanhismo” tenha dado importância idêntica ao campismo, caravanismo e autocaravanismo, para o que basta ler o teor das perguntas que referem quase exclusivamente “campismo e caravanismo”. Felizmente o entrevistado não deixou de equacionar quase sempre o autocaravanismo, independentemente das questões que lhe eram postas se referirem apenas a campismo e caravanismo. A coerência que atrás é referida e atribuída ao Presidente da FICC pode estar contida neste pensamento:

A nível da FICC todas as três grandes vertentes (campismo, caravanismo e autocaravanismo) são encaradas como equivalentes mas com necessidades diferentes na sua prática.

Registado

Parar. Parar não paro.
Se a coerência custa caro,
Eu pago o preço.

(Citação livre de Sidónio Muralha)
*************
BLOGUE:     www.papa-leguas-portugal.blogspot.pt
EMAIL:        papa.leguas.portugal@gmail.com
Páginas: [1]   Ir para o topo
Imprimir
 
Ir para: