Páginas: [1]   Ir para o fundo
Imprimir
Autor Tópico: Permanência nas Áreas de Serviço e necessidade de legislação  (Lida 1840 vezes)
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Boaventura
Visitante
« Responder #1 em: 22 Jul 2012, 15:41 »

Se os Parques de Campismo perderam clientela no autocaravanismo?                                           
Só se podem queixar de si, a culpa é deles.
Se fossem criando preços sérios e Áreas de Serviço no seu interior, nâo seria preciso fazer o que    se vai fazendo pelo exterior.
Graças aos AUTOCARAVANISTAS criou-se em Portugal mais de meia centena de Áreas de Serviço 
nestes ultimos tempos e a preços mais corectos .
Registado
infoCPA
Administrador
Hero Member
*****
Offline Offline

Mensagens: 1 348

: Dez, 2008



WWW
« em: 21 Jul 2012, 21:48 »



SOBRE A PERMANÊNCIA NAS ÁREAS DE SERVIÇO

ou

DA NECESSIDADE DE LEGISLAÇÃO NACIONAL


O Presidente da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal (FCMP) emitiu, com toda a legitimidade, uma opinião sobre, essencialmente, o tempo de permanência das autocaravanas nas Áreas de Serviço públicas e, em consequência, exprimiu a necessidade de haver legislação nacional sobre a matéria.

Porque o Clube Português de Autocaravanas (CPA), membro da FCMP, não foi auscultado, nem tem conhecimento que nenhuma associada da FCMP o tivesse sido, não quer deixar de se pronunciar sobre uma matéria que considera dever merecer uma reflexão aprofundada e muito particularmente sobre a necessidade da existência de legislação nacional.

Considerando o referido a Direção do CPA aprovou o Comunicado 2012/12 de 20 de Julho de 2012 (Permanência nas Áreas de Serviço e necessidade de legislação), que pode ser consultado no Portal do CPA, em “Quem somos / Comunicados da Direção”

Aceda a

http://www.cpa-autocaravanas.com/index.php/quem-somos/comunicados-da-direcao

ou a

http://www.cpa-autocaravanas.com/upload/Comunicado_2012-12-Permanencia_nas_Areas_Servico_e_Legislacao.pdf


Registado

Associação Autocaravanista de Portugal - CPA
Portugal
Páginas: [1]   Ir para o topo
Imprimir
 
Ir para: