Páginas: 1 [2]   Ir para o fundo
Imprimir
Autor Tópico: Passeios do CPA  (Lida 10336 vezes)
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Mário Caxias
Sócio do CPA
Membro de Mérito
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 316

: Fev, 2006


Sócio Nº 26


« Responder #6 em: 25 Abr 2006, 20:36 »

Passeios CPA - sugestões para a zona N:

Colaborando na sugestão da Direcção divulgada neste tópico assim como no boletim informativo de Março, apresento duas sugestões para a zona N do país.  Os itinerários descritos estão organizados para um fim-de-semana alargado - com “ponte” de 2 dias – e para condutores com experiência de condução em estradas de montanha, pois os percursos são ambos por estradas bastante sinuosas e, sobretudo, íngremes.  Mas já foram testadas por AC’s!
Caso se pretenda encurtar para um fim-de-semana normal, o trajecto deverá ser cortado, pois o género de estradas a percorrer não é compatível com o aumento das distâncias diàrias (previstas médias de 25... 35 km/h tendo presente que a finalidade da viagem é passear e deverá haver tempo para visitas, pausa a meio da manhã e tarde, e paragem de 2 h para almoço).

a)   ALTO MINHO:  3,5 dias, 257 km; espaços de pernoita e refeições disponíveis para 40 autocaravanas, excepto nas Srª da Paz e da Peneda (umas 25 nesta última se não houver camionetas de excursões):
1º dia:  PONTE DA BARCA (concentração na véspera; visita; almoço) – Bravães – miradoiro da Srª da Pegada (paragem) – capela de Santa Rita (paragem) – Srª da Paz (paragem) – Barragem de Touvedo – Ermelo – antiga central hidroelectrica do Lindoso – Lindoso (jantar) – Soajo (visita nocturna) – Arcos de Valdevez (pernoita) = 70 km
2º dia:  ARCOS DE VALDEVEZ (visita; almoço) – Aguiã – Portela do Mezio – Adrão – miradoiro do Tibo – Srª da Peneda (visita) – Lamas de Mouro (pernoita) = 57 km
3º dia:  LAMAS DE MOURO – Branda de S. António – Gave – Melgaço (visita) – mosteiro de Fiães (visita) – Alcobaça – Castro Laboreiro (almoço; visita) – Portos – Ameijoeira – Entrimo – albufeira do Alto Lindoso – Lindoso (visita; pernoita) = 105 km
4º dia:  LINDOSO – Barragem do Alto Lindoso (visita) – Entre-Ambos-os-Rios - Ponte da Barca (despedida; almoço) = 25 km

b)   ALTO DOURO:  3,5 dias, 337 km; espaços de pernoita e refeições disponíveis para 30 autocaravanas, excepto na Srª do Viso, Ferradosa, Srª das Neves e Quinta de São Luís (cerca de 20 nestes locais):
1º dia:  Praia fluvial da CONGIDA (concentração na véspera) – Freixo-de-Espada-à-Cinta (visita) – miradoiro do Penedo Durão (almoço) – Barca d’Alva – Serra do Reboredo – Torre de Moncorvo (visita) – praia fluvial da Foz do Sabor (pernoita) = 113 km
2º dia - praia fluvial da FOZ DO SABOR – Barragem do Pocinho (paragem) – Santo Amaro – Freixo de Numão (visita; almoço) – miradoiro da Srª do Viso (paragem) – estação da Ferradosa (paragem) – São João da Pesqueira (visita) – miradoiro da Srª das Neves (paragem) – São João da Pesqueira (pernoita) = 91 km
3º dia:  SÃO JOÃO DA PESQUEIRA – miradoiro do santuário de São Salvador do Mundo – Barragem da Valeira – Linhares – Foz do Tua (paragem) – Alijó (visita; almoço) – Favaios (visita) - Pinhão – Quinta de São Luís (visita) – Pinhão (pernoita) = 82 km
4º dia:  PINHÃO – Valença do Douro – Desejosa – Tabuaço (visita) – Santo Adrião – Armamar (visita) – miradoiro de São Domingos da Queimada (despedida; almoço) = 51 km

Se conhece algo destas zonas, ou mesmo se não conhece, e lhe atrai a ideia de colaborar na organização de um Passeio, encontrará à sua disposição, via Direcção, os seguintes auxiliares organizativos:
i)   itinerário muito pormenorizado em folhas Excel, com folha-resumo com cálculo automático de horários, e folhas diárias com distâncias parciais entre entroncamentos, forma destes e nomes indicados nos sinais; é quase só colocar o totalizador parcial a zero, e avançar (não precisa de GPS, ainda...);
ii)   ficheiro de entidades com interesse na região, em ficheiro Access – autarquias (câmaras, juntas de freguesia), bombeiros e centros de saúde, padarias, GNR, associações, entidades a contactar para visitas,  etc – com endereço e nº de telefone e fax, assim como nome de pessoas a contactar e endereço electrónico em alguns casos;
iii)   alguma correspondência tipo.
Também estarei à disposição para trocar impressões consigo, claro, mostrar fotografias de um ou outro local, e colaborar na organização. 
Então, quer dar o primeiro passo?  Se não quer avançar sòzinho, peça a um amigo, pois uma ou duas pessoas conseguirão avançar com uma organização deste género.  A nossa Direcção proporcionará alguma colaboração administrativa e formalização de contactos oficiais, assim como a divulgação junto de todos nós.

O Passeio no Alto Minho poderá ser interessante para quem quizer comparecer no 24º Acampamento Nacional, este ano nos arredores de Ponte de Lima de 14 a 18 de Junho, e possa preencher os dias que antecedem ou sucedem.  Já estamos é muito em cima da data para que a divulgação aos sócios possa ser feita na próxima edição do boletim informativo, penso eu.

Mas que tal no início de Outubro, em que haverá um fim-de-semana com ponte por ocasião do 5 de Outubro que é uma 5ª-feira?
Registado

Mário Caxias
Lisboa
Mário Caxias
Sócio do CPA
Membro de Mérito
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 316

: Fev, 2006


Sócio Nº 26


« Responder #5 em: 25 Abr 2006, 20:32 »

Prezado Matias, pois já temos aí uma sugestão alinhavada; não quer dedicar-se dentro de dias a encadear um pouco os locais e alinhavar itinerário e horário?

Pessoalmente, prefiro levar os AC's a conhecer zonas mais afastadas do litoral e usualmente bem menos percorridas por eles.  Aproveitei a tarde deste feriado para divulgar quatro sugestões que incluo noutras duas mensagens deste tópico; assim, o companheiro RDuarte já ficará a saber alguns dos cantinhos do nosso país!

Até breve.
« Última modificação: 26 Abr 2006, 19:43 por Mário Caxias » Registado

Mário Caxias
Lisboa
Matias
Visitante
« Responder #4 em: 24 Abr 2006, 14:46 »

Prezado Mario,

Um "Fim-de-Semana em Sintra" é uma hipotese de projecto que depois de contacto com entidades publicas e privadas para estudar o local de parque, custo de visitas, meio de transporte e outros apoios, iria apresentar.
No entanto vou dar conhecimento prévio e se acharem com interesse é só avisarem, pois estarei ao vosso inteiro dispor para colaboração conjunta.

Tópicos do fim-de-semana, visita a locais como:

- Palácio da Vila
- Centro Cultural Olga Cadaval
- Parque das Merendas
- Quinta da Regaleira
- Palácio de Monserrate
- Palácio da Pena
- Mosteiro dos Capuchos
- Adega Cooperativa de Colares
- E outros...

Cumprimentos,

Matias
Registado
Mário Caxias
Sócio do CPA
Membro de Mérito
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 316

: Fev, 2006


Sócio Nº 26


« Responder #3 em: 09 Abr 2006, 21:32 »

Um dia destes retomarei este tema.  Até lá, estarei com interesse em ver se surge uma ou outra sugestão ou comentário, já que os membros têm estado um pouco distraídos... ou menos activos em intervir.
Sendo o âmbito, anunciado para estes passeios, grupos de pequena dimensão, da ordem das duas-três dezenas de famílias, a perspectiva de poderem surgir mais interessados do que os compatíveis com os locais de paragem e pernoita poderá deixar os sócios excluídos descontentes.  Mas será um risco, que a  equidade na divulgação da informação aos sócios poderá atenuar.  E se forem passeios em fim-de-semana normal, talvez até se possam repetir numa data próxima para os que não couberem no 1º.
O certo é que sem haver iniciativa, nada se fará! 
Surjam sugestões, portanto.
Registado

Mário Caxias
Lisboa
Raul Lopes
Visitante
« Responder #2 em: 01 Abr 2006, 22:30 »

É verdade companheiro Mário, não faltam na Direcção ideias de percursos para fazer interessantes passeios cobrindo todas as zonas  do país.
O que falta mesmo é quem faça o reconhecimento desses percursos para avaliar tempos de deslocação entre diferentes locais e para identificar os sitios concretos onde será possível parar e quantas AC poderão aí estacionar.
Só a partir daqui será possível decidir pormenores do "programa", o número de autocaravanas que poderão participar e o que precisará a Direcção de fazer para viabilizar cada um dos passeios em concreto.

A grandeza do CPA obriga a estes cuidados, pois em pequenos grupos de amigos é fácil "organizar" passeios deste tipo. O problema é que no CPA quando se anuncia um evento destes surgem logo (felizmente!) muitos interessados em participar.

Precisamos agora que surjam interessados em colaborar na organização de algum passeio, por exemplo na sua zona de residência e/ou em locais que conheça bem. A Direcção não chega para ir a todas e, por enquanto, outras prioridades se têm imposto.

Quem como o companheiro Mário já passou pela experiência de estar na Direcção compreenderá bem o que digo.

Registado
Mário Caxias
Sócio do CPA
Membro de Mérito
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 316

: Fev, 2006


Sócio Nº 26


« Responder #1 em: 01 Abr 2006, 19:53 »

Decorrido um mês sobre o lançamento desta ideia, que se me afigura interessante por permitir visitar em grupo locais incomportáveis para várias dezenas de autocaravanas e fomentar maior convívio entre as famílias presentes, estranho que nenhum dos foristas se tenha pronunciado.

Tendo experiência própria de meia dúzia de passeios desta dimensão, em que a opinião dos presentes tem sido favorável, logo dei a minha contribuição directamente para o clube.
Será que uma vez mais os sócios apreciam dialogar aqui no fórum e de que as "coisas" apareçam feitas, mas quando toca a colaborarem na organização de eventos ligeiros, como estes, não se esforçam por dar alguma contribuição efectiva

E estes passeios até não requerem muito trabalho organizativo.  Mas não peçamos que seja a Direcção a cuidar deles; esta apenas deverá ver se se enquadra na filosofia de actuação do CPA e proporcionar algum apoio (na divulgação, um ou outro contacto formal com alguma entidade, usualmente camarária).
Venham lá mais algumas opiniões!

Continuação de bom fim-de-semana     Mário Caxias
Registado

Mário Caxias
Lisboa
cpa
Visitante
« em: 24 Fev 2006, 20:33 »

Está em curso a programação de alguns Passeios do CPA a levar a efeito com grupos de pequena dimensão, da ordem das duas-três dezenas de autocaravanas.

Logo que possível irão sendo aqui anunciados.

Se entretanto tiver ideias de algum destino interessante e estiver em condições de colaborar na sua organização, faça favor de nos informar.
Registado
Páginas: 1 [2]   Ir para o topo
Imprimir
 
Ir para: