Páginas: [1]   Ir para o fundo
Imprimir
Autor Tópico: FORUM DA FCMP, ACAP E AECAMPP  (Lida 8863 vezes)
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
jose_goncalves
Membro de Mérito
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 149

: Dez, 2007



« Responder #5 em: 19 Abr 2010, 08:05 »

Bom dia Companheiros e Companheiros,

Não me querendo alongar no assunto em questão, por não me dizer respeito directamente, queria apenas"alertar" que "Hotelaria de Ar Livre" não tem rigorosamente nada a haver com Autocaravanismo.

Trata-se efectivamente de "discutir" temas referentes a Hotelaria englobando ou não as diversas vertentes tais como Parques de Campismo em "Regime de Hotelaria".

Espero ter elucidado para que não se criem espectativas não espectáveis!

Um abraço e até sempre,

José Gonçalves
(Guimarães)
Registado

José Gonçalves
Guimarães
http://ohotelrolante.blogspot.com
Decarvalho
Visitante
« Responder #4 em: 18 Abr 2010, 19:40 »

Ora vivam

1) Ainda bem que a Direccção do CPA ja pos pés a caminho, como diz Paulo Barbosa. Desconheço o comunicado da Direcção referido por Cunha Coimbra,  a que nao tenho acesso, e que não me é visível pelo pelo actual estatuto aqui no forum.

2) As questões de Ulisses obviamente que tem razão de ser. Uma coisa sera a posição do CPA, outra coisa sera a posição a veicular sobre o autocaravanismo, o que levanta o problema crucial do como? de que maneira? quando? Claro que tenho dúvidas sobre a melhor resposta.... e sugiro que uma atitude possivel seria uma carta aberta do CPA aos participantes no FORUM, e divulgada na comunicação social, colocando com clareza qual a linha tangente do autocaravanismo ao campismo, e a linha divergente do autocaravanismo face ao campismo.

Ou seja: acautelar como se deixaram referidas, situações (foram citadas tres no post anterior que aqui deixei, entre elas o acesso só a estação de serviço) em que um autocaravanista itinerante, sem nunca o deixar de ser, pode e quer, utilizar voluntariamente um parque de campismo

3) Seja como, for parece benéfico estar aqui aberta a troca de impressões de forma civilizada, sem insultos pessoais, e sem disparatadas mensagens anónimas. O que é relevante, é discutirem-se ideias e perspectivas, venham de onde vierem, e não se exorcisarem preconceituosamente ideias em função de processos de intenção que se movem persecutoriamente  contra os seus autores.

« Última modificação: 18 Abr 2010, 19:43 por Decarvalho » Registado
Paulo Moz Barbosa
Administrador
Membro de Mérito
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 336

: Jan, 2010


Sócio 1882


« Responder #3 em: 18 Abr 2010, 19:17 »

Pelo que já é conhecido, a Direcção já meteu os pés a caminho. Parabéns.
Registado

Paulo Moz Barbosa
(presidente da direção)

(viajo numa Hymer Camp 622 C)
cunhacoimbra
Visitante
« Responder #2 em: 18 Abr 2010, 18:39 »

Caro DeCarvalho,

A propósito do conteúdo do seu tópico, tive o cuidado de dar uma volta pelo forum e descobri o comunicado 2010/02 da Direcção.


Pelo seu teor parece-me que, tal qual seria de esperar, a FCMP não convidou o CPA para participar no forum, simplesmente informou da sua realização!

Acho que aqui está uma grande oportunidade para a nova Direcção do CPA começar a mostrar serviço!
Aguardemos...

Bons passeios
A. Cunha
Registado
ULISSES
Visitante
« Responder #1 em: 18 Abr 2010, 18:29 »

A quem interessar

É publicitado pela Direcção o “Fórum do Campismo”, que já lemos na Newsletter do companheiro DeCarvalho, onde está publicitada com o convite e respectivo programa, para além de considerações pertinentes daquele companheiro.
Constata-se que tal “Fórum de Campismo, Caravanismo e Hotelaria de Ar Livre” põe de lado o Autocaravanismo, porventura porque a realidade Autocaravanismo é desconhecida para esta gente, ou, sendo uma realidade tão distinta não é enquadrável nesta iniciativa.
Mas, bem fez a Direcção em solicitar à FCMP – parte do evento – reunião para esclarecer tal matéria.
Ora, se o Autocaravanismo nem sequer é citado, forçar uma presença para lhe dar visibilidade poderá ser um tiro no pé. Sou a favor de que se não dê pelo evento, tal como o evento não deu pelo CPA.
Porém, a Direcção, depois de esclarecida, de certeza, actuará em conformidade com os interesses maiores do Clube. O que fizer merecerá, desde já, a minha aprovação.

Ulisses Bruto
Registado
Decarvalho
Visitante
« em: 17 Abr 2010, 19:41 »

Ora vivam...
recebi este convite, e muitos decerto tambem o receberam, individualmente ou institucionalmente...

dai uma pergunta!
- que fazer? que opiniao construir? que debate interessará fazer pelo autocaravanismo? Aqui fica o meu contributo....aqui também:

http://camping-caravanismo-e-autocaravanismo.blogspot.com/2010/04/que-vai-o-cpa-fazer-ao-convite-para-o.html

 O CONVITE

Exmos. Senhores,

A ACAP – Associação Automóvel de Portugal, a AECAMP – Associação Portuguesa de Empresários de Camping e Hotelaria de Ar Livre e a FCMP – Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal vão levar a efeito no próximo dia 8 de Maio de 2010 (sábado) o “FORUM DO CAMPISMO, CARAVANISMO E HOTELARIA DE AR LIVRE”, no Centro de Congressos de Lisboa (Junqueira), Auditórios III e IV.

Este Fórum tem como objectivo sensibilizar o sector do Campismo, Caravanismo e Hotelaria de Ar Livre para as questões fundamentais que o envolvem, motivando-o para a sua dignificação, enquanto actividade turística susceptível de contribuir para o prestígio do Turismo em Portugal.

Pretende-se, também, proporcionar um espaço de análise e reflexão sobre o sector, quanto à sua dimensão, caracterização, competitividade e projecção no país e no estrangeiro, bem como, potenciar a interacção entre os diferentes agentes económicos, sociais e o Estado, para um mais amplo reconhecimento da sua notoriedade, enquanto actividade económica turística.

A organização confia numa ampla participação que assegure o indispensável enriquecimento das temáticas constantes do Programa que se anexa.

Tratando-se de uma iniciativa relevante para o sector e para a problemática do Turismo de Lazer em Portugal, enquanto destino turístico, ficamos na expectativa do melhor acolhimento à participação no Fórum que nos propomos realizar pelo que anexamos, de igual forma, a Ficha de Inscrição.

Contamos com todos os que, directa ou indirectamente, estão ligados a este sector!

P R O G R A M A
08H30 - Recepção aos participantes
09H30 - SESSÃO DE ABERTURA
10H00 - Painel I
A LEGISLAÇÃO E O MERCADO: Lei, Oferta e Procura
Orador: Dr. Sancho Silva, Doutorado em Turismo e Docente na ESHTE
Orador: Dr. Carlos Torres, Consultor Jurídico e Docente Universitário
Moderador: Dr. Manuel Dias, Presidente da AECAMP
11h00 - Debate
11H30 - Coffee-break
12H00 - PAINEL II
FORMAÇÃO E PROFISSIONALISMO: Competência, Desempenho e Eficácia dos RH
Orador: Dr. António Abrantes, Docente Universitário na área do Turismo
Orador: Dr. Pedro Moita, Docente Universitário na área de RH e Turismo
Moderador: Dr. Fernando Cipriano, Presidente da FCMP
13H00 - Debate
13H30 - Almoço
15H00 - PAINEL III
FINANCIAMENTO AO DESENVOLVIMENTO: Sistemas de Apoio Financeiro
Orador: Turismo de Portugal, I.P.
Orador: Dr. José Alberto Pereira, Direcção de Marketing da CGD
Moderador: Dr. Alexandre Mesquita, representante da ACAP
16H00 - Debate
16H30 - Coffee-break
16H45 - PAINEL IV
O AMBIENTE E A ECOLOGIA: Relação com o Sector e Hotelaria de Ar Livre
Orador: D. Ricardo Fauria, Empresário e Presidente da FECCyCV
Orador: Engº Rodrigo Ferreira, Biofísico e Consultor Ambiental
Moderador: Dr. João Alves Pereira, Presidente da FICC
17H45 - Debate
18H15 - SESSÃO DE ENCERRAMENTO:
Presidida por S.E. o Secretário de Estado do Turismo (a confirmar)


A OPINIÂO
Porém...correndo o risco de me aparecerem juizes de linha, a dizer que a minha posição não é politicamente correcta, arrisco escrever:

1) O autocaravanismo "fixo", só se coaduna com a sua utilizaçao normal de tipo residencial, tendencialmente permanente, ou seja por períodos muito longos. Todavia, nada em absoluto proibe, que , por exemplo, se utilize uma autocaravana um mês seguido, estacionada e com pessoas dentro,..em pernoita, fazendo refeições, ouvindo música etc, seja num parque de campismo, seja fora de um parque de campismo. No primeiro caso, sera campismo de autocaravana, no segundo caso, se não vlolar nenhuma regra de estacionamento, sera autocaravanismo tout court, ou autocaravanismo itinerante.

2) o autocaravanismo itinerante ( em regra não escrita, não mais de que 72h no mesmo local) pode porém, tanto pode resultar da utilizaçao de parques de campismo, ou de parques em Portugal previstos pela portaria 1320/2008, ou ainda de estacionamentos públicos "gerais" onde o gabarito das autocaravanas não se ache limitado no solo de forma proibitiva, ou ainda em parques de autocravanas entre nós raros, mas que certamente se irão multiplicar, e que carecem de sinalizaçao azul permissiva e informativa ( e por outro lado proibitiva da sua utilizaçao por outros veiculos a quem essa sinalizaçao nao se destine).

Ou seja.............. no tal seminrio, sou de opiniao que cabe a discussão do autocaravanismo quando ele seja utilizado para a pratica de campismo (ja que não é nem caravanismo, nem hotelaria ao ar livre livre, ou seja"" bungalownismo".

Ou seja, a problematica do uso da autoacaravana de forma residencial num parque de campismo, ou de forma esporádica num parque de campismo, em etapa itinerante, cabe no Seminario.

Note-se que em França esta discussao ja deu os seus frutos e em consequencia da discussão, a propria Federação Francesa de Campismo promoveu que os parques de campismo procedecem a novas formas inovadoras face aos suatocaravanistas, designadamente quanto a:

1) poderem utilizar serviços do parque de campismo para as autocaravanas sem serem obrigados a pagar senão as taxas destes serviços.

2) disporem de areas de pernoita de mais facil acesso nos parque de campismo, por periodos de utilizaçao não excedentes a 24h

3) terem acesso a tarifas mais reduzidas, se a chegada do autocaravanista se processa ate as 18h, e a saida ate as 10h do dia seguinte.

Esta situação (para quem viaja pela Europa nem precisa de argumentação adicional) pode ver-se praticada em outros Paises: Por exemplo, em Bremen na Alemanha, o parque de campismo local tem uma area exterior ao Camping, só para autocaravanas..e mediante uma taxa reduzida, e depois, por uma taxa adicional, pode-se utilizar os sanitarios do camping, e sem taxa adicional pode-se utilizar os serviços da recepção, pro ex encomendar pão, e naturalmente os serviços do restaurante.

Em conclusão:

- Penso que interessaria aos autocaravanistas e ao Movimento do Autocaravanismo, ter uma voz no seminario, apenas para sublinhar alguns interesses espcificos dos autocaravanistas quando estes utilizam, os parques de campismo, em especial por curtos periodos de tempo, o que deriva da sua utilizaçao com a espcificidade do turismo itininerante e no quadro das tres questões acima enumeradsa, ou outras, que com elas se relacionem.

Não discutir este tema, será ficar aquém da problemática do autocaravanismo, e deixa-a só ser discutida pela Federação do Campismo...pela ACAP e AECAMP. Ora isso parece-me curto, e que se deveria ir mais além.


Será então, ou não, verdade que o Movimento do Autocaravanismo deva usar a sua voz, e não a delegar (por omissão) apenas na Federaçâo , na AECAMP e na ACAP?


Ora boas voltas e reviravoltas, inclusive de neurónios!
Decarvalho,
simplesmente.
_________________
« Última modificação: 18 Abr 2010, 11:55 por Decarvalho » Registado
Páginas: [1]   Ir para o topo
Imprimir
 
Ir para: