Visite o novo Portal do CPA!

Caros Associados e Visitantes do fórum CPA,

Informamos que este fórum, por razões técnicas que se prendem com a sua incompatibilidade com os avanços tecnológicos, teve de ser bloqueado definitivamente, mantendo ativa toda a informação que foi sendo guardada desde a sua fundação e que pode ser consultada a todo o momento.

A Direção

Campanha de Angariação de Associados

A direção deliberou promover uma campanha de angariação de associados nas seguintes condições:

  1. A campanha inicia-se a 1 de janeiro e termina a 31 de dezembro de cada ano, renovando-se automaticamente até informação em contrário;

  2. Os associados proponentes devem ter a quotização de cada ano paga à data em que propuserem o primeiro novo associado do respetivo ano;

  3. No âmbito e para os efeitos desta campanha os associados proponentes, por cada novo associado efetivamente inscrito anualmente, têm um desconto de 25% do valor da quotização do ano seguinte ao da inscrição dos novos associados, com o limite de 100%.


Páginas: [1]   Ir para o fundo
Imprimir
Autor Tópico: Arriba - Associação de Defesa da Costa Vicentina e o artigo 50º - A  (Lida 1774 vezes)
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
infoCPA
Administrador
Hero Member
*****
Offline Offline

Mensagens: 1 486

: Dez, 2008



WWW
« em: 20 Mai 2021, 19:28 »

Arriba - Associação de Defesa da Costa Vicentina e o artigo 50º - A

No O Observador de hoje o presidente da Arriba, João Vilela, tece alguns comentários à posição defendida pelos Grupos Parlamentares que apresentaram Projetos de Lei para reverter o conceito de pernoita recentemente introduzido no Código da Estrada.

Por serem incorretas algumas das suas afirmações, divulgamos a posição tomada pelo CPA em comentário enviado à direção do jornal.

Ex mo Sr. Diretor,

No artigo publicado hoje com o título "Costa Vicentina no corredor da morte", assinado por João Vilela, presidente da Arriba - Associação de Defesa da Costa Vicentina, é feita uma análise sobre as possíveis consequências da revisão pela Assembleia da República do artigo 50º - A do código da Estrada.
A Associação Autocaravanista de Portugal - CPA não pode subscrever as conclusões tiradas nesse artigo pois as mesmas são consequência de um total desconhecimento das REGRAS DE CONDUTA AUTOCARAVANISTA defendidas pela maioria das associações do setor.
Em reuniões havidas com o Governo e vários Grupos Parlamentares sempre defendemos, em consonância com a FPA - Federação Portuguesa de Autocaravanismo, a penalização de quem acampa fora dos locais próprios para o efeito - parques de campismo - com o pagamento, na hora, das respetivas coimas.
A legislação que abrange a Costa Vicentina sempre penalizou as práticas então realizadas por pseudo-autocaravanistas e se a situação atingiu as proporções por todos conhecidas, tal só se deve à inoperância das autoridades. Alargar a proibição de pernoitar a todo o território nacional nada tem a ver com o texto do Sr. João Vilela.
Estamos conscientes que a correção da atual legislação, a ocorrer brevemente como esperamos, em nada alterará o respeito que nos merecem os Parques Nacionais, que os autocaravanistas respeitam e preservam quando aí se deslocam.
Não confundir a árvore com a floresta é o que os Senhores Deputados se preparam para fazer, e bem.

Os nossos melhores cumprimentos e as nossas
                Saudações Autocaravanistas


a direção
« Última modificação: 20 Mai 2021, 19:34 por infoCPA » Registado

Associação Autocaravanista de Portugal - CPA
Portugal
Páginas: [1]   Ir para o topo
Imprimir
 
Ir para: