Notícias Reuniões e Assembleias

História do CPA

Pinterest LinkedIn Tumblr

Fundadores do CPA em janeiro de 1990

Da esquerda para a direita:
Em cima: Mário Santos, Cipriano Gomes, Jorge Baeta, Vítor Tavares e Manuel Pinto Ribeiro
Em baixo: João Tavares, Joaquim Malpique, Manuel Carvalho, Ana Catarina Santos, Paula Baeta, Olga Baeta, Otília Malpique e Ana Maria Santos
Ausente: Eduardo Silva Lopes

Origem

O CPA surgiu a 25 de janeiro de 1990 por iniciativa de um reduzido grupo de amantes da modalidade, que provinham na sua maioria da prática campista e caravanista. Depressa o movimento encontrou novos aderentes, contando atualmente com mais de 1250 autocaravanistas, de várias nacionalidades, um pouco de todas as idades e condição social, unidos no gosto pelo usufruto respeitoso da natureza, pela aventura estrada fora, pela descoberta, pela liberdade, e por encontrarem no CPA uma voz na defesa dos direitos dos autocaravanistas.

A ideia de constituição de um clube vocacionado apenas para as autocaravanas começou a ter forma em setembro de 1988 no parque de campismo de Escaropim então frequentado pelas famílias Baeta, Carvalho e Santos que vieram a arquitetar a fundação do Clube. Também Rogério Lourenço, o “Lagarto”, já tinha abordado essa ideia.

No parque de Aguada de Baixo, no decorrer do acampamento do Académico Futebol Clube, em finais de abril de 1989, voltaram a reunir-se com mais alguns autocaravanistas tendo dado forma final ao emblema do que viria a ser o futuro Clube Português de Autocaravanas.

No parque de Santo André, duas semanas depois, durante o Acampamento Regional Sul, começou-se a falar dos estatutos, do local para a sede provisória, dos valores da quota e da joia (que viria a ser de 1000$00 e de 600$00, respetivamente) e do fundo de maneio a constituir para as despesas iniciais (escritura, bandeira, cartões, papel de carta, livro de receitas, carimbo, galhardetes, etc.) que foi, por empréstimo de cada associado fundador, de 5000$00.

Por ocasião do acampamento Rio Tejo, em setembro de 1989, em Valada do Ribatejo, organizado pelo Clube de Campismo “Os Sentinelas”, de Vila Franca de Xira, registou-se um novo avanço na formalização da ideia.

Finalmente, no parque da praia de Santa Cruz, por ocasião do acampamento de S. Martinho, entre 10 e 12 de novembro de 1989, aprovou-se o nome do Clube, os estatutos, o local da sede provisória (escritório do associado fundador Jorge Baeta) e definiram-se os catorze associados fundadores.

A escritura de constituição do Clube Português de Autocaravanas ocorreu em 25 de janeiro de 1990.

Por decisão da AG de 17 de novembro de 2012 a designação do Clube Português de Autocaravanas  foi alterada para

ASSOCIAÇÃO AUTOCARAVANISTA DE PORTUGAL – CPA

InfoCPA

InfoCPA é o acrónimo da Direção do CPA para efeitos da gestão de conteúdos do site da Associação Autocaravanista de Portugal - CPA

0 0 votos
Avaliação (restrito a Associados)
Subscrever alertas
Notificação para
guest
0 Comentários
Feedbacks intercalados
Ver todos os comentários
0
Dê-nos a sua opinião. Por favor, comentex
()
x
Ir para Topo