Páginas: [1] 2 3 4 5 6 ... 10
 1 
 em: 17 Set 2017, 02:20 
Iniciado por Paulo Moz Barbosa - Última mensagem por Paulo Moz Barbosa
Saiu, este s√°bado, no Jornal Postal do Algarve um artigo onde se deu voz a quem defende a obrigatoriedade dos autocaravanistas terem de pernoitar em parques de campismo e afins.
Achei por bem enviar o texto abaixo ao jornal.
Se não nos ouvirem, fica aqui, mais uma vez, a posição defendida pela grande maioria dos autocaravanistas. Não será por acaso que o ACP também defende esta posição dos autocaravanistas.

"A Associação Autocaravanista de Portugal - CPA, fundada em 1990, representante da grande maioria dos autocaravanistas associados discorda que seja necessária qualquer Lei dedicada ao setor autocaravanista.
A legislação vigente, nomeadamente o Código da Estrada (CE), já regula o que é necessário regular.
Foi esta posi√ß√£o que defendeu junto dos Senhores Deputados na Assembleia da Rep√ļblica - Grupo de Trabalho do Turismo, tomando uma posi√ß√£o oposta √† dos membros da APCAA.
O Regulamento de Silves confunde campismo com autocaravanismo e atropela normas bem definidas no CE, nomeadamente quando considera pernoita como um ato campista.
O CPA est√° dispon√≠vel para esclarecer todas as d√ļvidas que ainda persistem sobre este tema.
Sauda√ß√Ķes Autocaravanistas,
Paulo Moz Barbosa (presidente da direção)
geral@cpa-autocaravanas.com"

 2 
 em: 14 Set 2017, 15:41 
Iniciado por infoCPA - Última mensagem por infoCPA
Da junta de freguesia de Alferce recebemos a mensagem:

"Ex.mos Senhores
 
Encarrega-me o Sr. Presidente da Junta, Eng. José Manuel Gonçalves de informar V. Exªs que no próximo dia 14 de outubro vai ser inaugurada uma área de serviço para autocaravanas em Alferce, anexamos a sua divulgação.
 
Com os melhores cumprimentos.
A Assistente Técnica,
Paula David"

 3 
 em: 01 Set 2017, 16:20 
Iniciado por infoCPA - Última mensagem por infoCPA
Do nossa parceria com o Grupo Flamingo recebemos a seguinte informação:

"Boa tarde!

De volta às caminhadas!

Nesta altura do ano, em que o calor est√° presente, opt√°mos por realizar a nossa atividade de setembro numa zona em que a probabilidade de estar
fresco é maior. Foi o que nos aconteceu na prospeção: apanhámos um fresquinho que convidava a ter algum agasalho.

A caminhada irá decorrer sempre na proximidade do mar. Com vistas interessantes sobre as falésias e também da linha de costa. Iremos iniciar o percurso junto da escola primária das Azenhas do Mar, onde terminámos no ano passado a nossa caminhada. Seguiremos pelo miradouro na direção Norte.
Paramos no quiosque local para tomar café e, daí, seguiremos na direção da praia da Aguda. O caminho é fácil, parte por estradão, parte por trilho; é
conveniente ter atenção às raízes para não se tropeçar.

Da praia da Aguda à praia do Magoito, o trilho possui as caraterísticas já referidas anteriormente. Na proximidade da praia do Magoito existe uma descida mais acentuada em estradão. Eventualmente, podem passar viaturas, pelo que terá que se ter cuidado. Chegados à praia, existe um bar onde
poderemos comer e beber qualquer coisa e ir ao WC.

Retemperados, iremos subir o passadi√ßo que d√° acesso √† zona de asfalto na proximidade do parque de estacionamento. √Č uma subida gradual e muito
interessante, sem dificuldades, onde poderemos observar a duna fóssil sobranceira à praia. Chegados ao asfalto, caminhamos 200 metros até um estradão que nos permite aceder à zona Norte da praia, com uma vista interessante. A partir daí, entramos numa zona de mato e, de seguida, numa
zona agrícola. Mais à frente, chegaremos ao parque de merendas do Magoito onde iremos realizar o nosso almoço piquenique partilhado.

Ap√≥s o almo√ßo, iremos visitar o Museu do Ar ‚Äď P√≥lo de Sintra com uma visita guiada.

Inscri√ß√Ķes: caminhadas@grupoflamingo.org (Nome completo, NIF, e telem√≥vel de contato)

IMPORTANTE: Trata-se de uma atividade da responsabilidade do Grupo Flamingo-Associação de Defesa do Ambiente, ONGA - Regional, com o Estatuto
de Utilidade P√ļblica, pelo que √© obrigat√≥rio ser-se associado para poder participar nesta caminhada. Por raz√Ķes alheias √† organiza√ß√£o, este programa pode ser parcial ou totalmente alterado.

Mais informa√ß√Ķes em anexo.

Sauda√ß√Ķes Ambientais
Grupo Flamingo"


Esta atividade √© aberta aos associados do CPA nas condi√ß√Ķes descritas.

 4 
 em: 29 Ago 2017, 21:22 
Iniciado por infoCPA - Última mensagem por infoCPA
O CPA foi convidado a participar no evento "Há Festa na Aldeia", uma iniciativa de revitalização rural pela dinamização das aldeias de Portugal.
A festa vai realizar-se nos dias 9 e 10 de setembro e criou condi√ß√Ķes para receber os autocaravanistas que a visitem.

As autocaravanas podem estacionar a partir do dia 8, no hor√°rio que cada autocaravanista considere mais conveniente.
O terreno √© plano, alberga cerca de 40 autocaravanas e fica entre os dois n√ļcleos onde decorre a Festa (Travanca e Ul).

Coordenadas do local:
Lat.: 40.813941, Lon.: -8.495588
 
Porto ‚Äď Ul: 30 min
Aveiro ‚Äď Ul: 25 min

O trajeto até aos locais onde decorrem os espetáculos e a restante programação faz-se a pé.
 
A estação ESA mais próxima fica no parque da La Salette, a cerca de 7 km de Ul.

Em anexo, a programação para os dias da festa ou em https://www.facebook.com/hafestanaaldeia/

 5 
 em: 29 Ago 2017, 17:05 
Iniciado por Decas - Última mensagem por infoCPA
O CPA tem na sua página de descontos aos sócios http://www.cpa-autocaravanas.com/index.php/ser-socio/descontos-aos-socios/autocaravanas-acessorios empresas com quem tem assinado protocolos.
Sugerimos que peça orçamentos para as que estiverem mais próximas do seu local de habitação.

 6 
 em: 29 Ago 2017, 09:09 
Iniciado por AAbreu - Última mensagem por AAbreu
√Ä cerca de 8 meses comprei uma auto-caravana, uma FIAT DUCATO 2.8 modelo brustner. Dei umas voltas por Portugal, mas nada de importante. Entretanto fiz agora uma viagem grande at√© ao sul de Espanha a um camping (que aconselho a quem goste de praia) e que se chama "clar√° em Torredembarra-Barcelona". √ďptimas condi√ß√Ķes, despejos etc. Pedi electricidade a 10 amperes e verifiquei algumas anomalias durante a estadia que irei ver quando chegar a Portugal, no entanto gostaria de ir j√° com a ideia do que se passou.
1¬ļ O frigor√≠fico n√£o me gela o suficiente, e est√° a trababalhar a 220 v e tenho o g√°s ligado.
Ao acender a luz da casa de banho ou as torneiras da da √°gua fazem interfer√™ncia na Televis√£o que √© a 12  volts.
Penso que não seja normal, por isso peço que me ajudem. Adoro a compra que fiz e como reformado, quero gozar bem deste maravilhoso hotel.
O meu obrigado

√Ālvaro Abreu

 7 
 em: 25 Ago 2017, 21:53 
Iniciado por Decas - Última mensagem por AAbreu
Amigos e companheiros
Sou ainda (como antes se dizia na tropa) um checa (hoje ma√ßarico) na boa vida do autocaravanismo. Adquiri √† cerca de 9 meses uma autocaravana, "Brustner" Fiat Ducato 2.8, sei que a n√≠vel de motor est√° √≥ptima, no entanto depois destas f√©rias com ela gostaria de fazer uma s√©rie de verifica√ß√Ķes a n√≠vel el√©ctrico, frigor√≠fico, ar condicionado, enfim interiores e maquinaria interior. J√° levei algumas chapadas, pois isto vai-se aprendendo aos poucos, assim, gostaria que me indicassem uma oficina para auto-caravanas, onde possa realmente ter confian√ßa para a colocar l√°. Agrade√ßo as vossas sugest√Ķes, pois a minha experi√™ncia √© pequena

 8 
 em: 18 Ago 2017, 14:38 
Iniciado por infoCPA - Última mensagem por infoCPA
Aten√ß√£o √† legisla√ß√£o que passa a permitir que as infra√ß√Ķes rodovi√°rias cometidas no espa√ßo da UE passem a ser cobradas no pa√≠s de origem.

Ver anexo.

 9 
 em: 17 Ago 2017, 17:31 
Iniciado por infoCPA - Última mensagem por infoCPA
Após a denuncia das normas ilegais constantes de vários Regulamentos Municipais, discriminando negativamente as autocaravanas, recebermos do MAI a resposta em anexo.
Ainda não satisfeitos insistimos que é necessário esclarecer definitivamente que pernoitar numa autocaravana devidamente estacionada não é o mesmo que acampar.
Daremos notícia de eventual resposta.

 10 
 em: 13 Ago 2017, 23:58 
Iniciado por infoCPA - Última mensagem por infoCPA
No passado dia 24 de julho demos a conhecer à direção desta empresa o desagrado de um associado que não pode utilizar a ESA por na mesma se encontrar estacionada uma viatura.

Vimos dar conta da am√°vel resposta que obtivemos:

"Boa tarde,

Desde já agradecemos a vossa preocupação e divulgação,

Devemos também informar que da mesma forma que este Sr ou Sra vos dirigiu esta missiva, também deveria ter dito que veio ter comigo na primeira pessoa e que de imediato fiz com que essa viatura saísse do local, após o espaço livre o mesmo foi estacionar no parque?Huh?!!!!

De qualquer forma e à semelhança de outros clientes, todos podem dirigir-se há recepção para resolvermos qualquer problema que possa surgir.

Por √ļltimo, vamos tentar n√£o deixar ningu√©m estacionar nesta zona.

Da mesma forma gostaria que divulgasse a nossa preocupação e desde já pedimos desculpa."


Esta resposta é merecedora de ser divulgada pela forma e mensagem que é deixada.

Páginas: [1] 2 3 4 5 6 ... 10